O Tribunal de Contas da União (TCU) encaminha nesta segunda-feira (14) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ao Ministério Público Eleitoral (MPE) a lista dos políticos com contas julgadas irregulares nos oito anos anteriores. É o que prevê a Lei da Ficha Limpa.

Segundo Mauro Giacobbo, secretário de Gestão de Processos do TCU, quem estiver na lista não está automaticamente inelegível. O TCU não declara a inelegibilidade. Esse é um papel da Justiça

O cidadão pode consultar nome de gestores pelo WhatsApp (61) 3527-2000. Para isso, basta informar o nome completo ou digitar o CPF do gestor. O sistema é automático, prático e rápido. Também é possível emitir certidão negativa.