Canindé recebe audiência do Orçamento Participativo da Defensoria Pública

Nesta quarta (20.04), a Defensoria Pública do Estado do Ceará (DPCE) dá continuidade às audiências presenciais do Orçamento Participativo (OP), uma conversa com a sociedade civil, movimentos sociais e população da cidade de Canindé, a partir das 13h, na Escola do Campo Filha da Luta Patativa do Assaré – assentamento Santana da Cal, distrito de Bonito.

Esta será a quarta atividade no ciclo deste ano do OP e todos os participantes poderão debater com defensoras e defensores públicos questões sobre a atuação da DPCE. Cerca de 300 pessoas já participaram desses encontros que, neste ano de 2022, já aconteceram nas cidades de Limoeiro do Norte, Sobral e Crato.

 

Para participar, basta a população se fazer presente.  Não é necessário ser ligado a nenhuma instituição ou movimento. É só ir à audiência pública e fazer parte do debate sobre políticas públicas de acesso à justiça e aos direitos. O Orçamento Participativo da DPCE existe desde 2016, sendo o sétimo ciclo seguido desse mecanismo de escuta da Defensoria para coletar da sociedade opiniões sobre quais rumos a instituição deve tomar.

O encontro é presidido pela defensora pública geral, Elizabeth Chagas, e pela assessora de Relacionamento Institucional, Lia Felismino. Ambas  apresentam as propostas coletadas na consulta pública, realizada durante a primeira etapa do Orçamento Participativo, e escutam os pontos elencados pela população do que deve ser prioridade na instituição.

Ao final de cada audiência, é realizada uma votação entre 18 propostas, que ao fim do ciclo geral de audiências, as dez opções mais votadas comporão o plano de atuação da Defensoria de 2023.

Fonte: © DPCE

Canindé Online

436 Post

Related Posts

error: Content is protected !!

Entrar

Cadastrar

Redefinir senha

Digite o seu nome de usuário ou endereço de e-mail, você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.

X
Have no product in the cart!
0