Canindé tem protesto contra os cortes na educação pelo governo Bolsonaro

Nesta quarta-feira (15), ocorrem em todas as capitais e grandes cidades do Brasil manifestações contra os cortes promovidos na educação pelo Governo Bolsonaro.

Em Canindé, estudantes universitários, professores, sindicatos e movimentos sociais saíram as ruas para se manifestar contra à medida que atinge principalmente o ensino superior público.

A caminhada seguiu com destino a Câmara Municipal e Prefeitura de Canindé, com passagem pela 7ª Crede, e o encerramento ocorre na Praça Tomaz Barbosa.

Os cortes atingem todas as etapas de ensino, da educação infantil à pós-graduação, foram reduzidos ou congelados. A medida inclui verbas para construção de escolas, ensino técnico, bolsas de pesquisa e transporte escolar.

Ontem (14), a Câmara dos Deputados aprovou a convocação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, para que ele preste esclarecimentos ao plenário nesta quarta (15) sobre os bloqueios na pasta.