Justiça autoriza o uso de força policial para realização de exames nos ursos antes de transferência

A Associação Brasileira dos Defensores dos Direitos e Bem Estar dos Animais solicitou a justiça nesta sexta-feira (14) a designação de força policial para acompanhar três médicas veterinárias na realização dos exames de saúde nos ursos Kátia e Dimas.

A justiça autorizou no último dia 10 de junho, a transferência dos animais, mas mediante a realização prévia de exame de saúde, com atestado médico veterinário que revele as condições físicas dos animais para suportar a viagem.

Segundo a decisão, o motivo para o uso da força policial é por se tratar de um caso “de grande apelo emocional da população de Canindé, bem como dos próprios responsáveis pelos animais, tendo em vista que aborda a transferência dos ursos, que há muitos anos estão abrigados no zoológico local”, diz trecho do despacho.

Ainda diz que o intuito é de resguardar a segurança e a integridade física das profissionais que realizarão o exame médico, bem como das demais pessoas presentes.

A decisão da 3ª Vara da Comarca de Canindé, manda comunicar ao Batalhão da Polícia Militar para o cumprimento da decisão. Caso haja “qualquer embaraço ao cumprimento da determinação judicial poderá ensejar responsabilidade e crime de desobediência” diz a decisão em ação civil pública.